Mortticia: Canal dedicado à NWOTHM destaca estreia dos gaúchos

Mortticia - Press

A banda porto-alegrense Mortticia, formada originalmente na cidade de Alegrete/RS em 2010, visa construir músicas com uma sonoridade voltada ao Heavy Metal tradicional dos anos 80 com tendências mais modernas e progressivas. Com influências como Black Sabbath, Iron Maiden, Queensrÿche e Angra, a banda trabalha canções com estruturas complexas e letras que contam histórias, com o pano de fundo de riffs pesados e melodias marcantesE dentro desta esfera voltada ao Metal tradicional, o grupo acabou sendo destaque no já bastante seguido canal NWOTHM Full Albums, que é especializado em bandas do estilo. A N.W.O.T.H.M. (New Wave of Traditional Heavy Metal) é herdeira direta da N.W.O.B.H.M., e seu surgimento se deve principalmente a bandas como Helvetets Port, Cauldron e Enforcer, que a partir dos idos de 2005/2006 deram o pontapé inicial neste movimento, que visa o resgate daquela sonoridade e visual clássico do Heavy Metal praticado na década de 1980.

 

Ouça a demo via NWOTHM Full Albums:

 

No início de 2018 a banda lança sua primeira demo, intitulada “Existence/Resistance”, contendo três faixas: “Life is On (One Flower)”, “Violence” e “Hear My Words”. As letras abordam questões como a origem da vida vista pelos olhos do sobrevivente de um apocalipse e a relação da humanidade com temas como violência, autoritarismo e liberdade. As canções foram produzidas de maneira independente com o uso de softwares de código aberto e são lançadas também sob uma licença aberta (CC-BY). 

Formada atualmente por Lucas Fialho Zawacki (vocal), João Paulo Aires e Guilherme Quadros (guitarras), Guilherme Hoppen Wiersbicki (baixo) e Axel Martins da Silveira (bateria), a Mortticia trabalha na divulgação da demo e do clipe ao vivo para a música “Hear My Words” e se prepara para lançar um EP com regravações e canções inéditas.

Contatos:
Mortticia Official Page

Texto: Maicon Leite/ WarGodsPress
Imagens: Divulgação

Comente usando seu Facebook!

Seja o primeiro a comentar esse post!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

*